segunda-feira, 11 de outubro de 2010

UMA VIDA SAUDÁVEL


“Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser”  (I Tm.4.8).



    Hoje pulei da cama mais cedo para fazer exercício. Pela falta de hábito tive que fazer um esforço tremendo. Mas, tudo bem, acho que vale a pena o esforço! Por todo percurso encontrei algumas dezenas de pessoas buscando a forma física. Homens e mulheres de diversas idades preocupados com a saúde do corpo e em busca de um viver saudável. Como eu, elas crêem que o exercício faz bem à saúde. Estamos seguindo o que recomendam os especialistas da saúde - uma boa caminhada traz muitos benefícios para pessoas de todas as idades. É a certeza de que teremos bons resultados que nos move. É a fé de termos uma vida mais saudável que motiva as longas caminhadas pela manhã.
    A minha luta pessoal para estabelecer o hábito de caminhar fez-me pensar em outra dimensão da existência humana – o exercício espiritual. Ao ler a bíblia aprende-se “que nem só de pão vive o homem”. Mas não apenas isso, se aprende que o exercício físico é de pouco proveiton em relação ao espiritual. Uma versão da bíblia diz: “Pois os exercícios físicos têm alguma utilidade”. Não é que a bíblia despreze o exercício físico, mas aponta que os seus resultados não passam da existência terrena. E a lógica é: se fazemos tantos esforços pelo exercício físico que vale pouco, devemos fazer um esforço maior pelo o exercício da piedade que tem valor eterno. Uma paráfrase do verso citado seria: “Mas o exercício espiritual tem valor para tudo porque o seu resultado é a vida, tanto agora como no futuro”. O que se conclui é que o crente deve exercitar o físico, mas sem negligenciar o exercício diário da piedade: leitura bíblica, oração, misericórdia, perdão, amor ao próximo, etc. Infelizmente nem todos os crentes estão em forma nesse quesito. A consequência direta é um numero cada vez maior de crentes com baixa qualidade de vida. Pessoas que não têm nenhuma influência na vida de outros, por não andarem em novidade de vida. 
    Uma outra consequência é o crescente número de obeso nos bancos das igrejas, por falta de exercitar a piedade em suas várias dimensões. Há tanto trabalho para fazer no Reino de Deus que ficar sentado é desperdício na certa. 
    Então meu irmão, levanta e exercita-te na piedade. Se você estiver desabituados do exercício da piedade e precisa fazer um esforço tremendo para recomeçar, quero dizer que vale a pena o esforço. Os resultados são garantidos por Aquele que conhece a nossa estrutura (Sl.103.14). Para isso é necessário que você pule do seu comodismo e ingresse já nessa caminhada, afinal de contas você foi salvo para “andar nas boas obras” (Efs.2.10).
   
A vida saudável passa por um exercitar diário da piedade. Comece hoje mesmo a crescer nessa área.

Pr.Valdir Gomes. (Pastor titular da I.B.R. nos Bancários – gomes-valdir@ig.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário